Pular para o conteúdo principal

PERDENDO ALGUMAS COISAS, PARA NÃO SE PERDER O MELHOR E GANHANDO EM DOBRO AQUILO QUE SE PERDEU




Texto: Jó 1:1
Talvez você esteja se questionando agora, que titulo mais esquisito é este? Eu também diria a mesma a coisa se estivesse lendo este boletim! Mas na verdade isto foi o que aconteceu com Jó.
Quando lemos a respeito da vida de Jó no primeiro verso do livro vemos três características que demonstram quem ele era perante Deus, e como ele era conhecido por Deus. A Bíblia o chama de homem íntegro, reto e temente a Deus e desviava-se do mal.” Creio que estás caracteristicas nos conduz para a segunda parte do nosso tema: “Para não se perder o melhor,” isto é: Nada pode ser melhor do que o nosso relacionamento com Deus, e é este que com certeza não podemos perder. Infelizmente nós na maioria das vezes preferimos lutar pelo o que se deve perder do que lutar pela a nossa santidade, retidão, integridade e temor. Preferimos nos desviar de Deus a nos desviar daquilo que julgamos mais importante. Como somos homens e mulheres tão triviais.
Quando o diabo viu tais características na vida de Jó, disse a Deus: Estende a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema contra ti na tua face.” O diabo pensava que Jó só tinha tais características por ser um homem prospero. Deus então permite que ele toque em Jó, mas que não tire a sua vida é por isto que a primeira parte do tema é: “Perdendo algumas coisas”. Jó perdeu instantâneamente seus bens, seus filhos e sua saúde. Tudo, menos a vida! Talvez você agora pergunte. Nós lutamos por uma causa justa família, trabalho, bens etc! Há algo de errado nisto? Não! Eu também luto pelas as mesmas coisas. O problema talvez seja em qual destas porções você tem investido mais tempo? No seu relacionamento com Deus crendo que é ele que te proporciona tudo o que você precisa para ser feliz. Ou lutar para não perder aquilo que talvez você já tenha perdido por estar lutando sozinho?
Jó perdeu tudo menos a sua integridade, seu temor, e sua retidão. Amigos vieram para difamá-lo e acusá-lo, mas ele sabia que mesmo tendo perdido coisas preciosas, não podia jamais perder ou abrir mão do melhor que era a sua comunhão com o Pai. A Bíblia relata que ele adorou a Deus (Jó 1:20,21)
A fidelidade de Jó realmente nos mostra que aquele que está fundamentado em Deus nunca perde, mas é vitorioso em tudo aquilo que faz. Deus honrou a Jó e concretizou na vida dele a terceira parte do nosso tema: “Ganhando em dobro aquilo que se perdeu”. O diabo foi mais uma vez envergonhado e Jó recebeu em dobro tudo aquilo que perdeu, bens materiais, além de vir a ter outros sete filhos e três filhas, as quais vieram a ser consideradas como as mais belas da época. Ele viveu cento e quarenta anos, e morreu velho e farto de dias. Medite nisto! Deus te abençoe!

No amor de Cristo seu irmão e pastor Wellington & Silvia Costa

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

01) ÉFESO: A IGREJA QUE PERDEU O PRIMEIRO AMOR

SÉRIE: AS SETE IGREJAS DO APOCALIPSE Texto: Apocalipse 2:1,7 Hoje estudaremos sobre a igreja localizada em Éfeso. ÉFESO: Era a maior cidade da Ásia; Centro da administração romana; Ela possuía o porto mais importante da região; Sua população era de cerca de 250.000 a 500.000 pessoas. Era Conhecida como “Guardiã do Templo” (por conta do templo da deusa Ártemis/Diana e, posteriormente, pelos templos destinados ao culto ao imperador); O templo da deusa Diana era uma das 7 maravilhas do mundo antigo e dentro dele havia centenas de sacerdotisas que eram também chamadas de prostitutas cultuais. A igreja ali fundada por Paulo se tornou o centro da evangelização de toda a Ásia. Esta mesma igreja foi pastoreada por Timóteo e, mais tarde, por João. Ela estava inserida em um contexto de misticismo, idolatria, imoralidade e perseguição. Estudando sobre esta primeira igreja mencionada por Jesus vamos ver o que ele nos revela. O que nela se parece comigo e com você e mais do que isto o que o Senhor …

CUMPRINDO O IDE COM EXCELÊNCIA

VENCENDO A LÍNGUA QUE PROLIFERA A MALDADE NO CORPO